13/02/2017

Labirinto - A.C.H Smith



Labirinto é o filme da minha infância. Meu primeiro contato com David Bowie e a suas canções.

No filme, Sarah - interpretada por Jennifer Connelly - é uma adolescente com imaginação fértil e um forte senso de estar sempre sofrendo alguma injustiça. "It's not fair!"¹ é a sua frase mais recorrente. Ao que Jareth - o vilão interpretado por David Bowie - sabiamente responde: "You say that so often! I wonder what your basis for comparison is".²

No início do filme a jovem Sarah está ensaiando falas de seu livro favorito - intitulado Labirinto - quando é interrompida por uma chuva intensa. Retorna para casa contra sua vontade, já atrasada para o compromisso indesejado: fica de babá de Toby, seu meio irmão, para seu pai e sua madrasta irem a uma festa.

Sua sensação de injustiça ataca novamente, e após brigas e gritos, ela é deixada em casa sozinha com Toby, que não para de chorar. Desesperada, Sarah se lembra do seu livro favorito, e pede que o rei dos duendes leve consigo aquele bebê malcriado e insuportável.

Jareth, que já observava Sarah havia longa data, atende prontamente ao seu pedido. A jovem se arrepende e implora por uma maneira de recuperar seu meio irmão. O Rei dos Duendes diz a Sarah que isso é perfeitamente possível. Ela só deveria atravessar a cidade dos duendes e chegar ao Castelo em 13 horas, caso ela não conseguisse chegar a tempo, seu irmão iria ser transformado em duende.

A jornada de Sarah no Labirinto é uma jornada de amadurecimento e crescimento. A personagem está em um período de transição entre a adolescência e a vida adulta, e é justamente na busca por seu irmão que ela abandona, pouco a pouco, suas manias e vícios infantis, partindo rumo à vida adulta.




O livro é muito fiel ao roteiro do filme. As cenas de canções do David Bowie foram substituídas por cenas que não existem no filme, e foram quase em sua totalidade bem executadas (só teve uma que não gostei, se você leu o livro comenta aí que a gente conversa).

A edição da DarkSide está sensacional, como você poderá ver aqui. A capa imita a capa de couro do livro que Sarah segura no início do filme, ideal pra um futuro cosplay, certo?

Recomendo a todos que deem uma chance ao livro (e ao filme).

____

Notas de Rodapé

¹ Isso não é justo!

² Você diz tanto isso! Me pergunto qual é sua base de comparação.